GERAL

GERAL/style

POLICIAL

POLICIAL/style

Acompanhe as principais notícias sobre política em Imperatriz

Confira a lista de concursos e seletivos abertos no Maranhão

POLÍTICA

POLÍTICA/style

ESPORTE

ESPORTE/style

CULTURA

CULTURA/carousel

OPORTUNIDADES

EMPREGO/block

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

Sampaio empata com a Ponte Preta e é lanterna da competição

Time conseguiu segurar a Ponte Preta, dentro da casa do time adversário. (Foto: divulgação)

A partida foi disputada no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Publicado em 8 de setembro de 2018
Imirante 
Edição André Gomes 

CAMPINAS – O Sampaio Corrêa empatou com o time da Ponte Preta, em jogo válido pela 26ª rodada da série B, do Campeonato Brasileiro. A partida foi disputada no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

A principal novidade do time do Sampaio Corrêa foi a estreia do técnico Marcinho Gomes, que chegou para durante esta semana para comandar a Bolívia Querida, substituindo Paulo Roberto Santos.

O Sampaio Corrêa foi escalado com João Paulo, Uillian, Eloir, Jocinei, Sobral, Alyson, A. Goiano, Luis Gustavo, Maracás, Odair Lucas. O goleiro foi Andrey.

O tubarão maranhense teve duas ausências para a partida: a do zagueiro Rogério e o lateral-esquerdo Julinho, que estão vetados pelo departamento médico por conta de lesões.

O primeiro tempo começou de forma equilibrada para os dois times. Entretanto, a Ponte Preta teve as melhores oportunidades para abrir o placar. Aos cinco minutos, o atacante Júnior Santos é lançado pelo lado esquerdo e invade a área. Ele corta o marcador com belo drible, mas na hora de finalizar, bate em cima do goleiro Andrey.

A tática do Sampaio Corrêa foi trocar passes e ter o controle da posse de bola no meio-campo. A Bolívia Querida, contudo, teve dificuldade na hora de criar jogadas.

Aos 10 minutos do primeiro tempo, Fernando Sobral tenta passe pelo meio na direção do atacante João Paulo, do time da Ponte Preta, mas a defesa da Macaca se antecipa e recupera a posse. Logo em seguida, João Paulo, de forma inacreditável, de frente para o gol, mandando a bola para fora.

A partida segue, entretanto, aos 22 minutos, é paralisada para atendimento ao volante Jocinei, do Sampaio Corrêa, que deixa o campo amparado pelos médicos e mancando. Logo depois, Jocinei volta a campo, mas pouco depois, por conta das dores, é substituído pelo atacante Bruninho.

Na metade do primeiro tempo, o jogo fica travado no meio-campo. Equipes não conseguem chegar com perigo. Sampaio Corrêa abusou dos passes errados. Aos 32 minutos o volante Adilson Goiano recebe cartão amarelo, após falta em Tiago Real no meio-campo.

Uma boa oportunidade para o Sampaio Corrêa abrir o placar veio aos 42 minutos do primeiro tempo, quando Luis Gustavo faz bela jogada individual pela direita, deixa dois marcados na saudade e cruza rasteiro para Uilliam. O atacante, entretanto, finaliza mal e bate para fora.

O primeiro tempo teve dois minutos de acréscimo e a partida vai até os 47 minutos.

Na saída do campo, o volante Elior comentou a atuação do Sampaio Corrêa, durante o primeiro tempo da partida. “Precisamos ter um pouco mais de calma. Estamos com o intuito de vencer. Sabíamos que íamos levar sufoco, mas é voltar para o segundo tempo e procurar não errar o último passe”, disse.

Segundo tempo

A partida seguiu. Logo aos quatro minutos, cartão amarelo para Fredson. Zagueiro foi advertido no banco de reservas durante o intervalo.

Sampaio continuou tentando mais uma vez em jogada individual de Bruninho. Aos cinco minutos, atacante, entretanto, perde na corrida para Reginaldo, que apenas protege e deixa a bola sair.

Aos 15 minutos, André Luís recebe passe pelo alto na direita, faz jogada individual e é derrubado por Alyson. O árbitro marca o pênalti a favor da Ponte Preta. Na cobrança, Danilo Barcelos vai devagar para a bola, cobra forte com a perna esquerda, consegue deslocar o goleiro Andrey, mas a bola explode no travessão!

A partida seguiu e, aos 17 minutos, o Sampaio Corrêa fez uma substituição: sai o meia central Eloir e entra Marcos Aurélio.

Já aos 22 minutos, o lateral direito Luis Gustavo recebe pelo lado direito e emenda o chute cruzado. A bola passa com perigo, rente à trave do goleiro Ivan.

Logo em seguida, o Sampaio tem uma outra chance para abrir o placar: Bruninho faz jogada individual pelo lado direito, em velocidade, invade a área, e cruza rasteiro, mas ninguém consegue completar para o gol, nem mesmo Uilliam que chegava para tentar o chute.

Aos 37 minutos, o meia central do Sampaio Corrêa, Marcos Aurélio, aproveita sobra de bola dentro da área e emenda forte chute de primeira. O goleiro Ivan faz defesa sensacional e evita a abertura do placar. Com 42 minutos, João Paulo arrisca chute de fora da área, a bola é desviada e quase encobre Ivan. O goleiro se recupera e faz outra boa defesa.

No final do jogo, aos 45 minutos, cartão vermelho para Odair. Zagueiro é expulso após errar o tempo de bola e acertar pontapé em Felipe Saraiva.

O jogo termina, com empate, aos 49 minutos. Com o resultado, o Sampaio Corrêa é o lanterna da competição.

“Viemos para Campinas com a proposta de somar pontos, sabíamos da qualidade do adversário. O que vale é a postura. Somar pontos fora é muito importante. Temos a semana para trabalhar e enfrentar o Fortaleza”, afirma volante Adilson Goiano.

O Sampaio deu uma trégua na sequência de derrotas na estreia de Marcinho Guerreiro, mas não conseguiu deixar a lanterna. Em último, tem 22 pontos, sete a menos que o Paysandu, primeira equipe fora da degola.

Próximos jogos

A Ponte Preta volta a campo no sábado, quando enfrenta o Oeste, às 21h, em Barueri. Já o próximo compromisso do Sampaio está marcado para sexta-feira, contra o líder Fortaleza, em São Luís, às 21h30.

Nenhum comentário

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

VIDEO PUBLICIDADE

Facebook

fb/www.facebook.com/andreimprensa