GERAL

GERAL/style

POLICIAL

POLICIAL/style

Acompanhe as principais notícias sobre política em Imperatriz

Confira a lista de concursos e seletivos abertos no Maranhão

POLÍTICA

POLÍTICA/style

ESPORTE

ESPORTE/style

CULTURA

CULTURA/carousel

OPORTUNIDADES

EMPREGO/block

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

Advogada do STEEI subtrai mais de 600 mil de servidores da educação


Por André Gomes 
Publicado em 26 de julho de 2018 

Em decorrência da mudança de celetistas para estatutários os servidores da educação ficaram com seus FGTS retidos e só poderiam sacar através de uma ação judicial, por sua vez o Sindicato dos Servidores da Educação Municipal de Imperatriz- STEEI, contratou o escritório de advocacia Aires Advocacia, que contratou a advogada Meyre Marques Bastos que preparou toda documentação e sacou o dinheiro de mais de 50 servidores. A advogada usando de má fé colocou no bojo da procuração que, os valores oriundos do FGTS e valores atrasados ainda não depositado pela prefeitura ao serem pagos seriam depositados em sua conta corrente, de posse dos valores do FGTS atrasados que foi depositado pelo município e mais o FGTS que ao logo do tempo de trabalho dos servidores estavam depositados a advogada picareta se apossou. Ela cometeu vários crimes em uma só ação, apropriação indébita, Má fé pelo uso da profissão, Extorsão “ao aliciar os servidores dizendo que só ela poderia receber”. A situação é mais que grave do que se pensa, servidores como dona Lídia que dedicou quase 20 anos de sua vida trabalhando na esperança que um dia receberia seu FGTS para realizar seus sonhos, foi roubada pela advogada que subtraiu R$ 32.079,000,. 

A advogada só não deu um calote maior por que nem todos servidores optaram em sacar seu FGTS, outros entraram em ação coletiva com outros advogados que receberam normalmente. O que é suspeito é a omissão do STEEI em saber de tudo e não ter tomando nem uma providência, a advogada tinha acento dentro do sindicato como se fosse seu escritório, Os servidores lesados pela advogada também culpam o presidente do STEEI Francisco Messias. Tudo começou no mês de dezembro de 2016 quando os primeiros servidores procuram seu FGTS na CAIXA e já tinham sido sacados pela advogada ao procurarem, ela sempre desconversava como até hoje vem fazendo, e foi levado ao conhecimento do presidente do sindicato que manteve a advogada na função até o mês de maio deste ano (2018), no mínimo suspeito. 

Os servidores estão correndo atrás para ver se conseguem reaver seus valores, levaram ao conhecimento da OAB, que até agora não tomou nem uma providência, uma instituição séria como a OAB não pode usar de corporativismo deve tomar todas as medidas cabíveis contra essa advogada picareta, mentirosa e ladrona, que só suja a classe dos advogados, ela deve ter sua OAB cancelada para não colocar essa instituição guardiã das leis e da democracia, não pode ser achincalhada por uma advogada sem ética.

Aqui vários documentos que comprovam os fatos
















Nenhum comentário

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

VIDEO PUBLICIDADE