GERAL

GERAL/style

POLICIAL

POLICIAL/style

Acompanhe as principais notícias sobre política em Imperatriz

Confira a lista de concursos e seletivos abertos no Maranhão

POLÍTICA

POLÍTICA/style

ESPORTE

ESPORTE/style

CULTURA

CULTURA/carousel

OPORTUNIDADES

EMPREGO/block

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

‘Diálogos pelo Maranhão’ é realizado em Imperatriz


A ação contou com a participação de representantes de movimentos, políticos de cidades da região e lideranças 

Publicado em 20 de maio de 2018
Edição André Gomes 
Fonte: Correio popular 

O projeto ‘Diálogos pelo Maranhão’ foi realizado em Imperatriz neste sábado (19). A ação contou com lideranças políticas, representantes de diversos movimentos sociais e jovens e adultos com ideias e sugestões para contribuir com o novo programa de governo do pré-candidato ao estado, Flávio Dino.

A ação foi coordenada pelo Secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, natural de Imperatriz, e que hoje é um dos principais secretários do Maranhão.

“É praticamente uma regra do governo Flávio Dino de valorizar as diversas visões, porque essas visões são decorrentes das vivências de cada um nas suas regiões”, destaca Noleto.

Sobre a gestão e a forma de governar, Clayton destacou a pluralidade e o benefício que isso proporciona a todos. “É um governo plural, um governo que tem secretários de todas as regiões do Maranhão, e isso facilita para que tenhamos uma maior capacidade de compreensão da realidade de cada região e a partir disso, a gente trabalha para encontrar soluções e o enfretamento das dificuldades que afligem essas populações”, contou ao Jornal Correio.


Na ação, Clayton ressaltou as ações promovidas nesses 3 anos de gestão que foram definidas pelo programa ‘Diálogos’ em 2014.

“Reforma e construção de 700 escolas no Maranhão, o maior salário para professores do país, seis unidades dos hospitais macro em funcionamento, e a contratação de novos policiais”.

Participando da ação, Lilia Diniz, coordenadora da Casa das Artes em Imperatriz, levou pautas voltadas a cultura. “Que as políticas públicas para cultura não fiquem só nos grandes centros. Que elas passem por São Luís, por Imperatriz, mas também pelas cidades menores, como é o caso de Senador La Rocque e outros municípios menores”, contou.

Entre as propostas apresentadas pelo governo está a ampliação do ‘Programa Mais Cultura e Turismo’, que entre muitas coisas, prevê ações que valorizem a promoção dos bens e manifestações culturais do Estado.

O professor Arnon Borralho fez um balanço da educação nos últimos no Maranhão. “O governo Flávio Dino trouxe muitas inovações. A gente sabe que o Maranhão viveu décadas e décadas de atraso. O que nós observamos hoje é uma mudança significativa graças a expansão de ensino, principalmente do médio e do técnico, com a construção dos IEMA’s” contou.

Arnon ainda afirmou que os frutos serão colhidos principalmente no futuro. “Para quem acompanha os números já podem perceber essa mudança significativa, mas vamos observar ainda melhor no futuro”.


Borralho apoia a continuação dos investimentos na educação e dos programas existentes. “O governo tem que continuar nesse rumo de investimento no ensino técnico, principalmente nas áreas mais isoladas do estado, onde as pessoas não tinham acesso à educação”.

Representando a juventude, a secretária de organização da UJS de Imperatriz, Ariel Araujo, fez um balanço dos primeiros anos de governo.

“Foi feita muita coisa daquilo que a gente defendia. As reformas, a criação de novas escolas. A reforma e criação de hospitais. A criação de programas que atendam a juventude, como o fundo de cultura estadual, o IDH jovem entre outros. E tudo isso gerou um impacto social muito bom”.

Como proposta, Ariel destacou o fortalecimento da universidade da região. “A gente pretende colocar em pauta o fortalecimento da UEMASUL, porque nós tivemos um salto muito grande de qualidade, mas aí é está acompanhando e pedir para o Estado não deixar de lado a juventude”.

Para o secretário Clayton Noleto a permanência dos programas e dos investimentos é o rumo para o novo programa. “Nós temos que dar continuidade ao que está sendo realizado porque obviamente você não consegue resolver todos os problemas em quatro anos. Esses problemas foram originários de décadas de negligência, e de uma visão distorcida do papel do Estado”, finalizou.

Novas ações do ‘Diálogos pelo Maranhão’ estão sendo planejadas. É previsto que as 20 maiores cidades do estado recebam, nesse primeiro momento, as ações. Na região, além de Imperatriz, a cidade de Açailândia também receberá o evento, ainda sem data marcada.

Nenhum comentário

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

VIDEO PUBLICIDADE