GERAL

GERAL/style

POLICIAL

POLICIAL/style

Acompanhe as principais notícias sobre política em Imperatriz

Confira a lista de concursos e seletivos abertos no Maranhão

POLÍTICA

POLÍTICA/style

ESPORTE

ESPORTE/style

CULTURA

CULTURA/carousel

OPORTUNIDADES

EMPREGO/block

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

55 Palestinos são mortos em protestos na faixa de Gaza


Mortes ocorrem horas antes da inauguração da nova embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém; manifestações têm mais de dois mil feridos

Ana Luísa Vieira, do R7, com agências internacionais 
Publicado em 14/05/2018 

Palestinos protestos contra inauguração de embaixa da REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa

Pelo menos 55 palestinos foram mortos em protestos na faixa de Gaza nesta segunda-feira (14), horas antes da inauguração da nova embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém. O número foi confirmado pelo Ministério da Saúde de Gaza, segundo a rede de notícias CNN. 

Entre as vítimas estaria o jovem Hamdan Qudeih, 21 anos, que foi morto a tiros, um adolescente de 14 anos e mais de dois mil palestinos feridos. 

veja também

Os conflitos entre os manifestantes e o Exército de Israel tiveram início na Cisjordânia, principalmente em Belém e Hebron, mas foram registrados em outros locais também, como Kalandia, ao norte de Jerusalém. O exército fortaleceu sua presença ao longo da fronteira com mais dois batalhões.

A decisão do presidente Trump de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel rompeu com décadas de neutralidade dos Estados Unidos sobre a questão e gerou a onda de protestos. 

No domingo (13) à noite, o premiê israelense Benjamin Netanyahu recebeu toda a delegação dos Estados Unidos enviada pelo chefe da Casa Branca e definiu o momento como "histórico e corajoso".

Nenhum comentário

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

VIDEO PUBLICIDADE