GERAL

GERAL/style

POLICIAL

POLICIAL/style

Acompanhe as principais notícias sobre política em Imperatriz

Confira a lista de concursos e seletivos abertos no Maranhão

POLÍTICA

POLÍTICA/style

ESPORTE

ESPORTE/style

CULTURA

CULTURA/carousel

OPORTUNIDADES

EMPREGO/block

POESIA DE UMA CRIANÇA PARA MADEIRA 4512

Torcida faz festa na chegada do Sampaio


Sampaio Corrêa Conquista Mais um Título 

Sampaio Corrêa conquista mais um título 

Publica do em 9 de julho de 2018
Por Zeca Soares
Edição André Gomes

A torcida do Sampaio fez festa na madrugada desta segunda-feira (9) para receber os campeões da Copa do Nordeste.
O aeroporto Hugo da Cunha Machado ficou tomado por torcedores bolivianos por volta de 2 da manhã.
A festa Tricolor pela conquista do título não acabou.
Hoje à tarde, às 16h, jogadores, comissão técnica e dirigentes defilarão pela cidade em carro do corpo de bombeiros.
A concentração e saída será na entrada da cidade. A carreata do título vai até a avenida Litorânea, onde haverá show com o cantor Gargamel que é torcedor do Sampaio.

Futebol Copa do Nordeste Sampaio segura pressão do Bahia e conquista a Copa do Nordeste.

O Sampaio Corrêa é campeão da Copa do Nordeste. Após vencer o Bahia por 1 a 0 em casa no jogo de ida da decisão, a equipe do Maranhão entrou em campo na Arena Fonte Nova precisando apenas de um empate para levantar a taça e o empate veio, pelo placar de 0 a 0, após grande partida da defesa, que segurou o ataque tricolor.

Apesar da conquista boliviana, o Bahia pressionou durante todo o jogo, mas não conseguiu balançar a rede. Um dos grandes responsáveis por manter o zero no placar foi o goleiro Andrey, que fez defesas importantes no decorrer do jogo e salvou sua equipe nos acréscimos da etapa complementar.

A Copa do Nordeste é o primeiro título nacional do Sampaio Corrêa desde 2012, quando conquistou o Campeonato Brasileiro Série D. Agora, a equipe maranhense volta suas ações, mais motivada do que nunca, para a Série B, na qual ocupa a perigosa 16ª posição com 15 pontos. O Bahia, por sua vez, também precisa se recuperar na Série A, já que está na zona de rebaixamento com 12 pontos.O Bahia pressionou durante todo o jogo, mas o Sampaio não sofreu gol e foi campeão (Foto: Felipe Oliveira/ECB)

Bahia pressiona na primeira etapa, mas não sai do zero

Como se espera de uma final, o jogo começou bastante movimentado e com chances para ambos os times. O Sampaio Corrêa foi o primeiro a levar perigo, ainda no segundo minuto, em cobrança de falta de Fernando Sobral que exigiu boa defesa de Anderson. O Bahia respondeu dois minutos depois, quando Léo cobrou lateral na área e Tiago cabeceou por cima do gol.

A intensidade dos primeiros momentos da partida foi interrompida aos sete minutos, quando o atacante Uillian, do Sampaio Corrêa, e o zagueiro Tiago, do Bahia, sofreram choque de cabeça. Ambos os jogadores sofreram cortes e tiveram de ser atendidos fora de campo.

Precisando de ao menos um gol para levar a decisão para os pênaltis, o Bahia controlou mais o jogo com o passar do tempo. A equipe de Enderson Moreira pressionava na marcação e trocava passes no campo de ataque esperando por espaços para o ataque e, quando encontrava, apostava na velocidade dos pontas Régis e Élber. O Sampaio Corrêa, por outro lado, não conseguia ficar com a bola nos pés e tinha dificuldades para chegar perto da área adversária.

Nos últimos dez minutos da primeira etapa, o Bahia chegou mais perto de abrir o placar, mas parou em Andrey. Aos 36 minutos, Léo chutou de fora da área e viu o camisa 42 defender. Dois minutos depois, Zé Rafael invadiu a área e ficou cara a cara com o goleiro, mas Andrey novamente fez grande defesa e manteve o zero a zero no placar.

Nos acréscimos, os donos da casa tiveram uma última chance para chegar ao intervalo à frente, mas acabaram desperdiçando. Após cruzamento pela ponta direita, Zé Rafael finalizou de cabeça, mas a bola passou sobre o gol de Andrey, que desta vez não precisou agir. Após os primeiros 45 minutos do jogo decisivo, o placar mostrava empate por 0 a 0, resultado que dava o título ao Sampaio Corrêa.

Sampaio segura pressão do Bahia e conquista o título

Para o segundo tempo, as equipes voltaram dos vestiários sem alterações e o panorama da partida continuou o mesmo que terminou o primeiro tempo. O Bahia tinha mais posse de bola e trocava passes em busca de um espaço para atacar, enquanto o Sampaio Corrêa se defendia com quase todos os jogadores no campo de defesa.

Tentando dar mais intensidade ao ataque tricolor, Enderson Moreira, aos 17 minutos, colocou o meia Vinícius no lugar do lateral direito Flávio e deslocou o volante Gregore para a lateral. O time melhorou com a alteração, mas ainda assim não conseguia balançar a rede adversária apesar de ficar bastante tempo perto da área.

Sem conseguir chegar ao gol, o Bahia abandonou a tática nos últimos 15 minutos e partiu para o tudo ou nada, com até os zagueiros subindo para o campo de ataque. As tentativas do Tricolor baiano davam trabalho para a defesa do Sampaio, mas a equipe estava vulnerável aos contra-ataques.

Aos 44 minutos, o atacante Uilliam recebeu seu segundo amarelo, foi expulso e deixou o Sampaio Corrêa com um jogador a menos. No decorrer dos seis minutos de acréscimo, o Bahia, tentando aproveitar a vantagem numérica, teve chances de empatar a partida.

Aos 46 minutos, o zagueiro Tiago cabeceou para boa defesa de Andrey. No minuto seguinte, Júnior Brumado finalizou ao lado do gol. Aos 49, o Sampaio tentou confirmar o título em contra-ataque, mas Wellington Rato chutou para fora. Já aos 50, Andrey novamente salvou o Sampaio após nova tentativa de Júnior Brumado na última chance do jogo. Após 51 minutos de etapa complementar, o Sampaio Corrêa segurou o empate sem gols e conquistou a Copa do Nordeste pela primeira vez na história do clube.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 0 x 0 SAMPAIO CORRÊA

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 07 de julho de 2018, sábado

Horário: 17h30 (de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)

Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Gilson Bento Coutinho (PR)

Público: 45.378 pagantes

Renda: R$ 1.598.952,00

Cartões amarelos: Gregore, Tiago, Vinícius (Bahia); Uilliam (2), Joécio, Fernando Sobral, Diego Silva, Danielzinho, Maracás, Willian Oliveira (Sampaio Corrêa)

Cartão vermelho: Uilliam

Gols: —

BAHIA: Anderson; Flávio (Vinícius), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Zé Rafael, Régis (Allione) e Élber (Júnior Brumado); Edigar Junio

Técnico: Enderson Moreira

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson; Willian Oliveira, Diego Silva (Silva) e Fernando Sobral; Danielzinho (Rodrigo Fumaça) e João Paulo (Wellington Rato) e Uilliam

Técnico: Roberto Fonseca

Nenhum comentário