GERAL

GERAL/style

POLICIAL

POLICIAL/style

GOVERNO DO MARANHAO

GOVERNO DO MARANHAO

Mobilização do PR em Santa Inês atrai milhares de partidários e simpatizantes

Tasso e Perillo abrem mão de candidatura, e Alckmin aceita ser presidente do PSDB

Plenário derruba veto do prefeito Assis Ramos por 13 votos a 6

Acompanhe as principais notícias sobre política em Imperatriz

Confira a lista de concursos e seletivos abertos no Maranhão

Juro Zero

Juro Zero

POLÍTICA

POLÍTICA/style

ESPORTE

ESPORTE/style

CULTURA

CULTURA/carousel

OPORTUNIDADES

EMPREGO/block

Eleições 2018: Escutec aponta diferença de quatro pontos entre Flávio Dino e Roseana


Levantamento também aferiu preferência do eleitorado maranhense para o Senado e Presidência da República; e avaliou os governos Temer e Dino. 


O Instituto Escutec divulgou nesta sexta-feira (22) levantamento sobre a disputa pelo governo do Maranhão, em 2018.

A pesquisa, que entrevistou duas mil pessoas em vários municípios das regiões metropolitana, leste, centro, oeste e sul, apontou, em dois cenários, uma diferença de quatro pontos percentuais entre o governador Flávio Dino (PC do B), que tentará a reeleição, e ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

A diferença entre os dois principais postulantes ao Palácio dos Leões pode aumentar ou diminuir, uma vez que a margem de erro do levantamento, realizado entre os dias 09 e 13 deste mês, são de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

No primeiro cenário, Flávio Dino aparece com 35% das intenções de voto, seguido por Roseana com 30,6%. Também pontuaram Eduardo Braide (9,6%); Roberto Rocha (5%); Maura Jorge (2,8%); Jadson Gonçalves (2,4%), que é prefeito da cidade de Cedral e filiado DEM; e Ricardo Murad (2,2%). 5,2% disseram não votar em nenhum eles e 7,2% não souberam ou não responderam.

No segundo cenário, Dino obteve 36%; seguido por Roseana (32,4%); Eduardo Braide (9,8%); Roberto Rocha (5,2%); Maura Jorge (3,2%); e Ricardo Murad (3%). Nenhum deles somou 4,2% e não souberam ou não responderam 6,2%.



Na espontânea – aquela na qual não são apresentados os nomes dos candidatos — a pequena diferença entre Dino e Roseana permanece. O primeiro obteve 16,2% e a segunda 13,4%.

Segundo turno – A pesquisa aferiu a preferência do eleitorado em cenários de segundo turno envolvendo Flávio Dino, Roseana, Eduardo Braide e Roberto Rocha.

O governador apareceu vencendo todos os concorrentes.

Empatados na rejeição – Dino e Roseana estão praticamente empatados quando o entrevistado foi questionado em quem não votaria para governador.

Flávio Dino pontuou com 28% e a peemedebista apareceu com 32,8%. Eduardo Braide e Jadson Gonçalves são os menos rejeitados com 2,6% e 2,4%, respectivamente.

Senado – Na eleição majoritária para as duas vagas que serão abertas para o Senado, o deputado federal e ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, apareceu no topo no primeiro cenário com 17,8 das intenções de voto, seguindo por Edison Lobão (14,4%); Eliziane Gama (12,6%); José Reinaldo (11,2%); Waldir Maranhão (6,6%) e Weverton Rocha (5,4%). 7,6% disse não votar em nenhum deles e 24,4% não souberam ou não responderam.

No segundo cenário, que corresponde a outra opção de voto, Lobão apareceu na dianteira com 7,4%, seguido por Sarney Filho (6%); Eliziane Gama (4%); José Reinaldo (3,8%); Waldir Maranhão (3,8%); e Weverton Rocha (3,2%). Nenhum deles somou 6,2% e não souberam ou não responderam 65,6%.

Waldir é o mais rejeitado – Na disputa senatorial,o deputado federal Waldir Maranhão aparece como o mais rejeitado, somando 16,4% dos entrevistados que afirmaram não votar no mesmo de jeito nenhum.

Nenhum comentário