GERAL

GERAL/style

POLICIAL

POLICIAL/style

Mobilização do PR em Santa Inês atrai milhares de partidários e simpatizantes

Tasso e Perillo abrem mão de candidatura, e Alckmin aceita ser presidente do PSDB

Plenário derruba veto do prefeito Assis Ramos por 13 votos a 6

Acompanhe as principais notícias sobre política em Imperatriz

Confira a lista de concursos e seletivos abertos no Maranhão

Juro Zero

Juro Zero

POLÍTICA

POLÍTICA/style

ESPORTE

ESPORTE/style

CULTURA

CULTURA/carousel

OPORTUNIDADES

EMPREGO/block

Polícia prende no Maranhão acusado de gravar sexo entre menores no Piauí


O suspeito foi autuado no crime previsto no artigo 241 do ECA

Um homem identificado como Francisco da Silva Santos, acusado de filmar e publicar na internet conteúdo de pornografia infantil, como um vídeo em que aparecem dois adolescentes, naturais de Teresina fazendo sexo, foi preso na quinta-feira (16), por agentes da Polícia Civil do Piauí, no município de Brejo, no Maranhão.

A prisão contou ainda com apoio da Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí em conjunto com a polícia do Maranhão. O acusado não reagiu a prisão, mas negou ter sido o autor das imagens, transferindo a culpa para uma menor de idade.A prisão foi comandada pela equipe do delegado Daniel Pires, titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (Decart), que deu cumprimento ao mandado de prisão decretado pelo juiz da 6ª Vara Criminal de Teresina, Raimundo Holland Moura de Queiroz.

Segundo as investigações da polícia, a gravação aconteceu no ano de 2014 e nas imagens é possível ouvir a voz de Francisco da Silva Santos, incentivando os dois adolescentes a praticaram o ato sexual. De acordo com a polícia, o objetivo era compartilhar a filmagem nas redes sociais.

O suspeito foi autuado no crime previsto no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em que discrimina sobre “oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meios de sistema de informática ou telemática, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfico envolvendo criança ou adolescente”.
Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário