GERAL

GERAL/style

POLICIAL

POLICIAL/style

Mobilização do PR em Santa Inês atrai milhares de partidários e simpatizantes

Tasso e Perillo abrem mão de candidatura, e Alckmin aceita ser presidente do PSDB

Plenário derruba veto do prefeito Assis Ramos por 13 votos a 6

Acompanhe as principais notícias sobre política em Imperatriz

Confira a lista de concursos e seletivos abertos no Maranhão

Juro Zero

Juro Zero

POLÍTICA

POLÍTICA/style

ESPORTE

ESPORTE/style

CULTURA

CULTURA/carousel

OPORTUNIDADES

EMPREGO/block

Socorrão recebe novos equipamentos para exames de alta precisão


Foram entregues na manhã desta terça feira (8), no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI) – Socorrão, máquinas para fazer gasometria e angina, utilizadas para exames de alta precisão no diagnóstico de infarto do miocárdio, distúrbios metabólicos e trocas gasosas. Os aparelhos proporcionam análises mais precisas em curto espaço de tempo e permitem a correção instantânea de deficiências detectadas.

Para aperfeiçoar o atendimento, equipe está sendo treinada pelo técnico que veio de São Paulo e, durante três dias, estará à disposição do hospital para capacitar os profissionais. Prefeito Assis Ramos e o secretário de Saúde, Alair Firmiano, acompanharam a chegada dos equipamentos e o início do treinamento, que asseguram a qualidade dos serviços implantados.

“Melhorar a assistência à saúde é primordial, principalmente na urgência e emergência, que atendem um grande número de pessoas e salvam vidas diariamente. Para isso, precisamos aperfeiçoar nossa estrutura e oferecer condições para o desenvolvimento do trabalho com renovação de equipamentos” – ressaltou o prefeito.

De acordo com Alair, “esse momento é extraordinário. Em 165 anos de Imperatriz, a rede pública de saúde nunca contou com esses procedimentos e a gestão Assis Ramos teve essa iniciativa. São duas máquinas muito importantes para o funcionamento da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do pronto socorro e do centro cirúrgico, pois a gasometria, por exemplo, faz a dosagem de substâncias que vão orientar o médico em como agir diante de casos graves”.

O secretário ressalta que o médico passa a ter parâmetros reais do quadro evolutivo dos pacientes da UTI. “Em relação ao outro exame que faz a dosagem de enzimas cardíacas, esse é fundamental, pois o infarto muitas vezes não é detectado em outras análises, como no eletrocardiograma, e perde-se tempo para iniciar o tratamento. Com o diagnóstico precoce, poderemos salvar muito mais vidas” – acrescenta.

Nenhum comentário