Slider

Oportunidades



Geral

Política

Economia

Polícia

Cultura

Hildo Rocha visita Região Tocantina para agradecer votação histórica

O Deputado Federal eleito, Hildo Rocha, esteve no último domingo em Campestre do Maranhão, município localizado na Região Tocantina, que deu a ele a maior votação proporcional em todo o Estado. O novo parlamentar maranhense, eleito com mais de 125 mil votos, participou de grande ato público com a presença de aproximadamente três mil pessoas que foram ouvir os agradecimentos pela histórica votação alcançada naquela cidade.


Participaram do evento, o prefeito Valmir Moraes (PT), secretários municipais, vereadores, sindicalistas, professores, professoras, estudantes e lideranças locais. O prefeito de São João do Paraíso, José Aldo Ribeiro (PSDB), e o Deputado Estadual Léo Cunha (PSC), que também obteve votação histórica no município, prestigiaram a solenidade.

Em Campestre, o deputado federal eleito Hildo Rocha obteve a marca histórica de 55% dos votos válidos. “A extraordinária votação que obtive neste município é uma prova de que o povo de Campestre está gostando da sua administração prefeito Valmir e de que sabe ser grata aqueles políticos que trabalham pelo povo porque aqui, como Secretário das Cidades, fiz parceria com o município para asfaltar vias públicas, habitações populares e implantação de sistema de abastecimento de agua. A gratidão desse povo veio em forma de votos. Vocês tem um prefeito trabalhador e agora elegeram um Deputado Federal que também não tem medo do trabalho. A minha maneira de responder a confiança que vocês depositaram em mim é com trabalho. Isso irei fazer com as bênçãos de Deus”, declarou Hildo Rocha.

O novo parlamentar maranhense reafirmou o compromisso de honrar o mandato popular dado por 125.521 eleitores. “Vocês contribuíram para essa enorme votação. Isso só aumenta o meu compromisso de continuar trabalhando firme para que, juntos, possamos avançar ainda mais proporcionando serviços públicos de boa qualidade nas áreas da saúde, da educação, do esporte, da cultura, do lazer, infraestrutura e da produção”, destacou Hildo Rocha.

O Deputado Estadual Léo Cunha, também agradeceu os eleitores e se comprometeu a continuar a parceria com o prefeito Valmir e com o Deputado Hildo Rocha. Cunha foi o primeiro candidato da região a ultrapassar a marca de 50 mil votos. “Isso só foi possível porque cada um de vocês reconheceu o nosso trabalho. Os resultados dessa união já podem ser vistos em todos os cantos da cidade e em diversas localidades do nosso Estado. Agora, só nos resta agradecer e dizer que o trabalho continua, as obras iniciadas serão concluídas e novas ações serão efetuadas para que a população possa se orgulhar dos representantes que elegeram para lhes representar”, ressaltou Léo Cunha. 

O prefeito Valmir Moraes agradeceu aos eleitores e disse que a votação histórica dada a Hildo Rocha e Léo Cunha foi o reconhecimento do trabalho e a dedicação dos dois em favor de Campestre. “Vocês foram escolhidos como nossos representantes porque o nosso povo reconhece quem ajuda o município a se desenvolver e quer continuar vendo o progresso da nossa cidade. Nós não tínhamos representante na Câmara Federal. Agora nós teremos um amigo competente e trabalhador que vai ser a nossa voz lá em Brasília”, disse.

“Eu tenho certeza que os nossos deputados Hildo Rocha e Léo Cunha irão ajudar a abrir as portas dos governos federal e estadual para que possamos obter recursos para atender às demandas da população com mais eficiência do que temos conseguido até aqui”, destacou o prefeito.

Salve-se quem puder! Prefeito não paga aluguel e único hospital de Dom Pedro deve fechar as portas

                 Prefeito Hernando Macedo parece não se preocupar com a Saúde da população

A população de Dom Pedro corre um grande risco de ter que pedir socorro para o município vizinho, caso alguém precise de atendimento médico.

É que o prefeito da cidade, Hernando Macedo (PCdoB) não paga há anos o imóvel, onde funciona o único hospital do município.

Por conta disso, o proprietário do imóvel ingressou na Justiça pedindo o pagando do aluguel atrasado e o despejo do hospital. O prefeito recorreu da decisão, mas perdeu.
O relator do processo, desembargador Marcelo Carvalho Silva, concedeu uma liminar à favor do dono do imóvel, determinando que a prefeitura efetuasse todo o pagamento dos atrasados.
Agora, centenas de pessoas estão sob pena de o único hospital do município ser despesado. Tudo por falta de compromisso do prefeito Hernando Macedo, que parece não se preocupar com a saúde da população.




MPMA e MPT movem ação contra Prefeitura de Imperatriz, MA

As ações são relacionadas às contratações irregulares na Prefeitura.

O município terá que pagar uma multa no valor de R$ 2,73 milhões.

A Prefeitura da cidade de Imperatriz, localizada a 626 km da capital, está respondendo a duas ações por contratar indevidamente funcionários públicos em seu órgão municipal. As ações estão sendo movidas pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), e também pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

Segundo o MPMA e o MPT, a prefeitura da cidade contaria em seu quadro de funcionários com servidores que foram admitidos sem, ao menos, terem passado por algum tipo de processo seletivo. A efetividade dos atuais servidores é considerada, segundo a lei, admissões do tipo ilegais.

Além disso, de acordo com o MPT, o município maranhense não se comprometeu a cumprir os dois Termos de Ajustamento de Conduta (TAC), em que se comprometeu a só admitir servidores via concurso público.

Diante do quadro de irregularidades, as duas instituições decidiram solicitar que a Justiça obrigue que a Prefeitura de Imperatriz, por meio de seu atual gestor, pague quantia de R$ 2,73 milhões por conta do descumprimento do TAC e das infrações às leis.

O Ministério Público requer, ainda, na ação a prorrogação do concurso de 2012 pelo prazo de dois anos, bem como a realização de inspeção judicial em todas as secretarias e órgãos municipais, com o objetivo de verificar a legalidade das nomeações para cargos em comissão, direção, chefia e assessoramento da Prefeitura.

Tudo sobre o acidente com a prefeita de Bom Jesus das Selvas


Na tarde dessa segunda-feira(20) a direção deste portal visitou a prefeita Cristiane Damião no hospital São Rafael na cidade de Imperatriz, em conversa com Cristiane ela passou todas as informações que diverge com as noticiadas.

O acidente aconteceu na tarde de domingo por volta das 16;horas e não às 19:horas como foi noticiada, uma outra informação que a prefeita nos passou é que, ela viajava sozinha, e foi noticiado que ela viajava na companhia de um motorista seu. 

Vamos aos fatos, a prefeita de Bom Jesus das Selvas Cristiane Damião viajava em seu carro uma SW4 cor branca, ela saio do município São Francisco do Brejão para o município de Bom Jesus das Selvas, pela BR 222 no trecho de Açailândia ao povoado Novo Bacabal um motoqueiro alcoolizado que trafegava em sua frente fez uma manobra brusca, fazendo um contorno no sentido contrario, Cristiane ao deparar com a situação tentou desviar, mas ainda chegou a bater levemente no retrovisor da moto, o motoqueiro caiu, neste momento ela perdeu o controle do carro e deu quatro capotadas, segundo Cristiane na terceira capotada ela sacou do carro e caio próximo a residência de um tio seu, o motoqueiro se levantou e saio do local em sua moto.

Cristiane Damião quebrou uma costela e está em tratamento no Hospital São Rafael, ela deve ter alta ainda esta semana, para a prefeita ela escapou por um milagre de DEUS, este foi o segundo acidente de trânsito sofrido por Cristiane, a menos de quatro meses ela teve um acidente o seu carro um corola também  teve perda total a SW4 perda total.


Por André Gomes 

Semana de Ciência e Tecnologia atrai mais de 50 mil pessoas e supera público de 2013

Com um público estimado de mais de 50 mil pessoas foi encerrada, neste sábado (18), a Semana de Ciência e Tecnologia, uma realização da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectec) e da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão (Fapema). O evento aconteceu entre os dias 13 e 18 de outubro, no estacionamento do São Luís Shopping, e reuniu mais de 150 escolas públicas e particulares.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Costa, ressaltou que a grandiosidade da semana demonstra o compromisso do Governo do Estado com o desenvolvimento cientifico no Maranhão. “Um evento como este demonstra o compromisso da governadora Roseana com o sistema científico. Com a Uema, a Univima, a Fapema e a Sectec, o sistema científico local está cada vez mais fortalecido. Por isso, o Maranhão tem se destacado quanto a investimentos para a ciência, a tecnologia e a inovação”, afirmou.

Já diretora científica da Fapema, Cláudia Coelho, contou que a Semana de Ciência e Tecnologia já se tornou referência para o país. “Ano passado fomos o estado do Nordeste que mais apresentou atividades científicas e percebemos o grande interesse do público pela Semana, que já se consolidou com um dos maiores eventos da área no Brasil”, avaliou.

O reitor da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), Natalino Salgado, parabenizou o estado pela iniciativa e afirmou que as parcerias para o desenvolvimento científico devem ser fortalecidas. “Parabenizo o Governo do Estado por esse evento, que figura como um dos maiores e melhores eventos de divulgação científica do Brasil”.

A solenidade de encerramento teve ainda a apresentação da banda do 24º Batalhão de Caçadores e do Boi de Nina Rodrigues. A visitante Fabiana Silva elogiou a organização e diversidade do evento. “Venho para a Semana todos os anos e é impressionante como a cada ano só melhora. A programação é muito interessante e percebemos que os expositores estão motivados durante as apresentações”, relatou.

Maranhão com Ciência

No último dia da semana, sábado (18), foram entregues, simbolicamente, a 26 escolas da rede pública kits de laboratórios de Biologia, Física, Matemática e Física. As experimentotecas fazem parte do programa Maranhão com Ciência, que tem como objetivo a difusão e popularização da ciência e tecnologia nas escolas de ensino fundamental e médio nos municípios maranhenses.

“Hoje estamos entregando 26 dos 80 kits experimentotecas do Maranhão com Ciência. Este programa objetiva mais do que despertar alunos para o estudo das ciências, busca formar futuros cientistas para que desenvolvam pesquisas e apresentem soluções para o desenvolvimento social de suas comunidades”, enfatizou o secretário José Costa.

Um dos municípios contemplados com a ação foi Chapadinha. A prefeita Dulcilene Belezinha destacou a importância das experimentotecas para estimular os alunos. “É com alegria que recebemos esta experimentoteca, pois, observamos nesta ação uma oportunidade aos alunos, que agora poderão desenvolver pesquisas e dialogar com alunos de outros municípios sobre suas produções científicas. Agradecemos a atenção com a qual a governadora Roseana vem levando ferramentas inovadoras para todo o Maranhão”, concluiu a prefeita.

Assembleia vai apreciar e votar metas do Plano Municipal de Educação

O documento já foi discutido com as instituições de ensino superior

O Fórum Municipal de Educação – FME volta a se reunir nesta quarta-feira (22), no auditório da Secretaria Municipal de Educação –(SEMED) situada na Avenida Ceará, Centro. O encontro dos representantes das diversas entidades que compõe o Fórum está previsto para iniciar às 08h00 e se estenderá até as 18h00.

A informação foi prestada pela nova coordenadora do FME, Inês de Jesus Silva, que fala da importância da presença dos membros que agora avaliam e votam as sugestões dos acadêmicos de todas as instituições de ensino superior que apreciaram e deram sugestões ao Plano, quando da realização das audiências públicas.

De acordo com a coordenadora, a reunião foi antecipada para esta quarta-feira (22) porque a coordenação recebeu várias justificativas de alguns membros que já tinham agendado outros eventos, como o festival de bandas e fanfarras, a formação PNAIC, entre outros. “A reunião visa apreciar e votas as sugestões nas estratégias das metas do PME”, afirma Inês Silva,

Audiências públicas – As audiências nas instituições de ensino superior começaram dia 28 de agosto na Faculdade de Educação Santa Teresinha – FEST, com uma efetiva participação de alunos daquele estabelecimento de ensino. A segunda acoonteceu no auditório da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, no dia 11 de setembro.

A terceira audiência ocorreu dia 12 de setembro, na Faculdade de Educação de Imperatriz – FACIMP, a quarta se realizou dia 16 de setembro, na Universidade Federal do Maranhão – UFMA, com um público estimado em mais de cem pessoas, sendo uma das maiores audiências públicas para apreciação do Plano Municipal da Educação.

A penúltima audiência pública aconteceu no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IFMA, no dia 19 de setembro e a última foi realizada na Unidade de Ensino Superrior do Sul do Maranhão. De acordo com a coordenação, foram coletadas quase 200 sugestões presenciais e por intermédio do site da Prefeitura.

(Domingos Cezar/ascom)

Cadeiras de rodas são entregues pelo Sistema Único de Saúde em Imperatriz

Administrado pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), o Programa Órtese e Prótese do Município disponibiliza cadeiras de rodas para pacientes com mobilidade reduzida 

Acompanhado da esposa Luzia Carvalho, o aposentado Antonio Carvalho da Silva chegou na secretaria nas primeiras horas da manhã, empolgado para receber suas ‘novas pernas’ – como ele classificou a cadeira de rodas que recebeu. Vítima de Acidente Vascular Cerebral, o aposentado teve o movimento dos membros inferiores reduzidos ao cair dentro de casa e quebrar o fêmur. 

Ao falar da importância de receber a cadeira o aposentado metaforizou: “Bom demais, estou muito satisfeito. É a mesma coisa de dizer que chegou o remédio na casa do doente!”. Muito simpático, informou ainda que nem acreditava que receberia devido ‘ser de graça’, e enquanto esperava, ele se locomovia com ajuda de muletas ou em uma cadeira de rodas que pegou emprestada de um vizinho.

A previsão é que até o fim do ano sejam entregues mais de 60 cadeiras de rodas, além das que foram entregues na manhã de ontem (20), no auditório da SEMUS. A informação é da Coordenadora do Programa Órtese e Prótese, Marlene Maranhão, que ressaltou o empenho do Prefeito Sebastião Madeira e da Secretária Conceição Madeira em manter o programa que segundo ela beneficia centenas de pessoas anualmente em Imperatriz e região.

“O processo licitatório para aquisição das novas cadeiras que serão entregues na próxima etapa já aconteceu, e o fornecedor garantiu que antes de dezembro elas chegarão, assim como as próteses que também foram licitadas”, explicou Marlene. Ela esclareceu ainda aos usuários do SUS presentes no auditório, como é que funciona todo o trâmite desde a entrada no processo até a entrega das cadeiras. 

“Nós não podemos fazer compra por dispensa de licitação, e este processo só pode ser feito a partir de uma quantidade X de equipamentos, nós fazemos processo licitatório para aquisição de uma única cadeira. E ao dar entrada no pedido lá conosco, necessitamos de laudo do médico, porque as cadeiras são adquiridas de acordo com as especificações exigidas pelo especialista e sob medida”, justificou a coordenadora.

Ao se pronunciar, um rapaz que esperava disse que entende a demora, porque sabe que os procedimentos exigidos são necessários para a transparência do processo e ressaltou a importância da cadeira para o seu pai. “É um progresso. Facilita demais a vida da gente”, frisou o jovem filho do beneficiado Francisco Rodrigues que ficou paraplégico depois que foi atingido por uma bala nas costas ao reagir a um assalto.

O Programa Órtese e Prótese do Município que funciona no Prédio do Centro de Saúde Três Poderes, atende a 45 cidades da regional, e vem devolvendo alegria a diversos pacientes que vêem nesse programa a oportunidade de ter seus movimentos recuperados por meio da tecnologia, seja usando uma prótese ou com auxílio de uma cadeira de rodas. Em sua maioria eles perderam seus membros (inferiores ou superiores) e não tem condições financeiras de adquirir uma prótese por conta própria.